05 julho, 2007

Smashing Pumpkins!

Bom, depois de muito tempo sem postar por problemas de tempo. Eu (Rodrigo) estava na época mais corrida da escola, e o Léo tava na época de vestibular e inicio das aulas da faculdade. Mas uma coisa que esperava ansiosamente, desde o momento que começava rumores da volta de uma das bandas mais importantes dos ano 90. A banda é Smashing Pumpkins.





Para quem não conhece a banda (procure baixar algum cd deles) ela é encabeçada por Billy Corgan e tinhamos Jimmy Chamberlin na bateria, D'arcy no baixo e James Iha na guitarra. Eles começaram em 1991, com o albúm chamado "Gish". Ofuscado por causa do lançamento de "Nevermind" do Nirvana, não teve reconhecimento e não vendeu muito. Em 93, lançaram o albúm que impulsionou o reconhecimento necessário deles: "Siamese Dream", e muitos fãs consideram a obra prima da banda. Um ano depois, lançaram o "Pisces Iscariot". Em 95 a banda atinge seu ponto máximo, tanto economicamente quanto musicalmente. Com o lançamento de "Mellon Collie and The Infinite Sadness" atingiu o status de álbum duplo mais vendido na história musical, ultrapassando History, de Michael Jackson. Segundo a BillBoard Magazine, somente nos Estados Unidos foram oito milhões de unidades. Estima-se que 24 milhões de cópias foram vendidas no mundo todo. Mellon Collie And Infinite Sadness é um disco original e diverso e foi aclamado pela crítica, que até seu lançamento, em 95, duvidava que uma banda com tão pouco tempo de estrada seria capaz de fazê-lo. Mesmo antes de entrar no estúdio, o líder dos Pumpkins, Billy Corgan, resolveu mudar. Em vez de 13 músicas, idealizou 28 composições que ganharam forma sob a produção de Flood e Alan Moulder. Ao término da gravação, a banda partiu para uma turnê mundial. Foi o auge. Também quebram o recorde de premiações no "MTV Video Music Awards", recebendo seis prêmios por "Tonight, Tonight". Enfim, depois do lançamento de "Adore" foi a vez de lançarem o "Machina". Vendo que não houve tanto interesse da gravadora, a banda resolveu lançar a segunda parte desse CD na internet. Por desentendimentos da banda, rumores dizem que James e D'Arcy eram namorados, e quando terminaram não conversavam mais. A banda acabou em 2000.


Felizmente, em 2007 eles estão de volta, não com a mesma formação, mas com Billy e Jimmy da formação antiga e os novatos Jeff Schroeder na guitarra e Ginger Reyes no baixo. O novo cd deles, deveria ser lançado no dia 07/07/2007, mas como a internet é um templo, ele vazou.
Para quem queira conferir, não se arrependerá.



Zeitgeist -

01 - Doomsday Clock
02 - 7 Shades of Black
03 - Bleeding the Orchid
04 - That's the Way (my Love is)
05 - Tarantula
06 -Starz
07 - United States
08 - Neverlost
09 - Bring the Light
10 - (Come on) Let's Go!
11 - For God and Country
12 - Pomp and Circumstances



Seria dificil escolher só uma música, pois todas são ótimas. Uma coisa que me surpreendeu é que quase todas as músicas são pesadonas. Tem apenas uma baladinha e duas músicas que são completamente fora dos padrões do Smashing Pumpkins. Mas garanto que a presença dos novatos foi muito produtiva para esse CD.


O nome do cd é Zeitgeist, uma palavra alemã que remete à época do nível de avanço intelectual e cultural do mundo.


Sobre a capa do CD: “A Estátua da Liberdade afundando, um respeitado ícone norte-americano, simboliza o eminente fim de muitos ideais sobre os quais estão nação foi fundada. Direitos civis, liberdade de expressão, privacidade tem diminuído desde o 11 de setembro. O sol na imagem também pode estar nascendo ou se pondo e essa ambigüidade mostra que ainda há esperança para que o quadro mude”, Shephard Fairey, artista plástico responsável pela capa.



Quem tem acesso à torrents, utilize esse: http://thepiratebay.org/tor/3729480/Smashing_Pumpkins-Zeitgeist-2007-SAW


O clipe do single deles "Tarantula" já está no ar! Assista: http://www.youtube.com/watch?v=kCKOV1JMMNM


Post de Rodrigo Mathias.

Links to this post:

Criar um link

<< Home