07 fevereiro, 2007

DVD - A Prova

Direção: John Madden. Com: Gwyneth Paltrow, Anthony Hopkins, Jake Gyllenhaal e Hope Davis.


Com apenas dez minutos assistindo 'A Prova' achei que iria me deparar com uma cópia barata de 'Uma Mente Brilhante' devido a algumas semelhanças de roteiro e aos caminhos que a temática do filme segue. Mas depois de um tempo percebi que estava totalmente enganado e me vi diante de um filme com identidade própria e que segue seu rumo de uma maneira belíssima e muito bem contada pelo diretor John Madden, vencedor do Oscar por Shakespeare Apaixonado. No começo do filme somos apresentados à Catherine (Gwyneth Paltrow), uma mulher de 27 anos, mas que anda meio transtornada psicologicamente depois de cinco anos cuidando do seu pai (Anthony Hopkins), um brilhante matemático que nos seus anos finais de vida se trancou em sua biblioteca e passou a escrever compulsivamente, muitas de suas escritas totalmente sem sentido. Catherine por causa do cuidado que deveria ter com o pai acabou largando a faculdade, abandonando os amigos e se tornando uma mulher amarga cujo maior medo era um dia ficar como o Pai. Ela acaba encontrando apoio no carinho de Hal (Jake Gyllenhaal) um ex-aluno de seu pai, que agora passa horas e horas na biblioteca do mesmo tentando achar alguma anotação importante dentre as milhares disponíveis. Por passar o dia na casa de Catherine isso acaba aproximando os dois. A chegada de sua irmã Claire que mora em Nova York, complica um pouco as coisas, pois ela insiste em levar Catherine consigo para Nova York. Ela alega que após ter passado tanto tempo cuidando do pai, agora é ela quem precisa de cuidados, devido ao estado péssimo em que se encontra. A partir daí a história se desenvolve da maneira mais bela possível. Com algumas reviravoltas que não chegam a ser surpreendentes, mas que deixam o espectador bem atento ao que ta vendo, 'A Prova' segue seu rumo sem nenhum erro, num roteiro super bem construído que nos prende ate o último minuto. As atuações de Gwyneth Paltrow e Anthony Hopkins fazem o filme brilhar um pouco mais, por mostrar uma relação de pai e filha ao mesmo tempo carinhosa e exigente. Mas o ponto forte do filme é a direção. John Madden consegue guiar a história pelos melhores caminhos possíveis, fazendo com que em nenhum minuto o filme vacile e deixe de lado o interesse de quem o vê. A maneira como ele vai desenvolvendo cada um dos personagens e mostrando todos eles sob uma outra perspectiva não vista antes é de uma maestria incrível. Um dos grande feitos dele é incluir flash-backs na história, como se fizessem parte da ordem cronológica do filme. Fica interessante perceber que mesmo algumas cenas sendo flash-back elas não são tratadas como tal, e ainda assim não fica confuso para o espectador distinguir os tempos. Enfim, 'A Prova' é um filme brilhante que demonstra como lidar com pessoas brilhantes mas perturbadas mentalmente. Pessoas que tem um grande talento, mas que as vezes por causa de outros fatores preferem se guardar, a ter que roubar a atenção, de quem elas acham que realmente precisa. Pessoas que se privam dos sentimentos humanos necessários para que o foco de suas atitudes não seja desviado. E que mais cedo ou mais tarde, percebem que pode ser um pouco tarde para voltar atrás. Mas nada que uma dose de amor, confiança e compreensão, não ajudem.

Avaliação:

Crítica por Leonardo Pereira

Links to this post:

Criar um link

<< Home